28.12.12



Sobre o meu apaixonar...

Não acostumo com o mais ou menos
No entanto, é o que se vive de tempos em tempos
quando, as vezes, se é necessário
Mas quando o inesperado acontece nas madrugadas difíceis ou alegres
e um encanto te cai nos lábios silenciosos
em um olhar deliciosamente desconcertante
te faz beijar insaciavelmente
e num intervalo a distância se encurta
e num processo de um segundo tudo se encaixa
e todos os inconvenientes e truques de conquista
saem pela culatra
E o mais ou menos é o passado que menos importa,
é o que se esquece como tinha que ser...

"Foi o seu olhar o que me encantou..."