11.12.11

24.11.11




Homem cavalheiro? Espécie em extinção?



Vivi uma situação interessante que parei para pensar nos homens e suas atitudes de cavalheirismo.



Eu hoje tinha umas coisitas bem pesadinhas para levar e ocorreu a situação: eu colocando os envelopes cheios sobre os meus braços finos e um colega que ia me dar carona de carro até o ponto do ônibus (...pausa: tudo bem que ele ofereceu carona) foi saindo...e eu terminando de carregar todas aquelas coisas pesadas fui saindo atrás dele...e ele (homem forte, alto) nem ofereceu pra levar uma coisa sequer...nem ofereceu ajuda sequer! eu fiquei sem graça pra ele...eu lotada de coisas sobre braços e mãos..e ele livre saindo do prédio...andando até o carro... e foi daí que no bus pensei: aonde está aquele homem gentil, educado, cavalheiro que te oferece ajuda para carregar as coisas, que te dá lugar para sentar no ônibus ou te pergunta se vc quer que ele carregue? Pois bem, acho que essa espécie está em extinção! E isso quebra qualquer tesão!



Não falo apenas de romantismo, de abrir a porta do carro, de pagar a conta do restaurante ao invés de dividir, de te dar flores, mas sim de educação, de sensibilidade, de desconfiometro! Tudo bem que nós mulheres não somos todas frágeis (acho que somos até mais fortes sentimentalmente que eles), estamos invadindo o mercado de trabalho e as ruas das cidades, estamos frequentando bares e tomando uma cerveja, usamos calça jeans e falamos besteiras e palavrão...o que queira significar independência e a famosa palavra que não gosto quando generalizam: "igualando" aos homens.

Mas putz! putz! isso não quer dizer que deixamos, pelo menos eu! nao deixei de ser mulher poxa! Dá pra carregar isso pra mim? Pq sou mulher uai...e sinceramente estou meio fraquinha e cansada de carregar trem pesado...Dá pra pagar a conta do jantar? pq as vezes é legal isso...dá um charme a mais....Dá pra ser atencioso e ver que estou com frio e me emprestar a blusa de frio que vc tá com ela? Dá pra ser? Dá pra...

Enfim...dá pra ser homem?


Pela madrugada!




28.10.11

foto tirada as 5h30 da manha do dia 27/10...a chuva linda caia!

Canção do dia de sempre

Tão bom viver dia a dia...
A vida assim, jamais cansa...

Viver tão só de momentos
Como estas nuvens no céu...

E só ganhar, toda a vida,
Inexperiência... esperança...

E a rosa louca dos ventos
Presa à copa do chapéu.

Nunca dês um nome a um rio:
Sempre é outro rio a passar.

Nada jamais continua,
Tudo vai recomeçar!

E sem nenhuma lembrança
Das outras vezes perdidas,
Atiro a rosa do sonho
Nas tuas mãos distraídas...

Mário Quintana

25.10.11

DIA 25/10/2011 - cancion pra viver mais

FLORES NO DESERTO
Paralamas do sucesso

Um dia
Posso até pagar por isso
O impossível é meu mais antigo vício
Ou então
Um delírio do meu coração
Que vê as coisas
Onde as coisas não estão
Tão certo
Como flores no deserto
Real
Como as miragens da paixão
Havia
Inocência em seu sorriso
Enquanto caminhava rente ao precípicio
Estava calmo
Por acreditar em perfeição
Tal qual o tolo da
colina na canção

24.10.11

Bacana. A medicina chinesa me surpreende.
Recomendo!

23.10.11






Dobrei a esquina
a passos lentos eu sei
com o orgasmo deixado pelas mãos
o medo deixado sobre os espinhos

Dobrei a esquina
rumo ao desconhecido
dos seus beijos já maduros
do agarro com corpos outros
transformados pela história desses anos

Dobrei a esquina
com o coração cansado
mas com os olhos cheios de vida
certa de que a incerteza
pode trazer alegria e surpresa
quando se sabe doar

Dobrei a esquina
e me refiz em seu abraço
em meio a contos e afagos
que você sabe me dar

8.10.11

O mundo é grande

O mundo é grande e cabe
nesta janela sobre o mar.
O mar é grande e cabe
na cama e no colchão de amar.
O amor é grande e cabe
no breve espaço de beijar.

Carlos Drummond

2.10.11




É preciso muita meditação...

E eu recomendo...

Pra você não perder a paz...

Quando entrar no seu carro...

e se deparar com o trânsito de BH.




4.9.11





Agora é assim...


Vou ao supermercado com um caderninho e uma caneta na mão anotando os preços do que compro...

Não! não é apenas pra somar...e não...não é uma questão de ser chata...é uma questão de concordância em comprar algo que você concorde com o valor que está lá...naqueles papeizinhos aos seus olhos..que fala de promoção e fale o valor da mercadoria...

Por que? Porque as vezes eles colocam um valor ali e ao chegar ao caixa! surpresa! o valor é outro....

Sim!

E se você não tem a mania de olhar o preço da mercadoria quando está passando no caixa e fica conversando, ou embalando, ou colocando no carrinho...aí vai uma dica: preste atenção no painel do caixa!

Há pouco tempo comecei a prestar atenção nisso...e em todas..repito...todas as vezes houve questão do preço estar diferente e sempre pra mais claro!

É mais trabalhoso eu sei..mas pode valer a pena!

31.8.11







Uma arte boa pra mente e corpo.





15.5.11



Eu realmente acho uma loucura! Muito bonito! Não sei como esses caras conseguem....


eu de frente pra uma pequena já fico sem saber o que fazer...


imagine isso....





9.5.11





A palavra é metade de quem pronuncia e metade de quem ouve.

Montaigne


18.4.11

11.4.11


Se abrir...

para o amanhecer...

a calmaria do mar...

sem esperas...

sem antecipar os momentos...

apenas viver...

e se abrir para o viver.







3.4.11




Como era bom

Chacal


o tempo em que marx explicava o mundo

tudo era luta de classes

como era simples

o tempo em que freud explicava

tudo era clarinho limpinho explicadinho

tudo muito mais asséptico

do que era quando eu nasci

hoje rodado sambado pirado

descobri que é preciso

aprender a nascer todo dia.


23.3.11

20.3.11

As cores da noite
recamadas de silêncio
preparam o dia.


12.3.11

Aiki Stone

Ontem ouvi a seguinte indagação:
você tem um corpo ou você é um corpo?


"No vale, polimos o espelho, mas na montanha, quebramos a pedra - quebramos as pontas ásperas dos egos que ficam como pedras pontudas no centro de nosso ser, causando dor. Quebrar a pedra é trabalhar duro e rápido com nossas mentes fixadas na tarefa que se apresenta. Podemos quebrar a pedra com segurança, desde que tenhamos passado tempo suficiente polindo o espelho.
Continuamos a praticar polir o espelho e quebrar a pedra até que o espelho de nosso espírito seja um reflexo perfeito da verdadeira natureza, e a superfície da pedra esteja lisa como o espelho. Só então estamos em harmonia com nós mesmos e com o ambiente.
Polindo o espelho, quebrando pedras. Trad. Jaqueline Sá Freire (Hikari Dojo - Instituto Takemussu - Rio de Janeiro)




11.2.11

A distância é como os ventos:
apaga as velas e acende as grandes fogueiras.
Machado de Assis

28.1.11




Se procurar bem você acaba encontrando.
Não a explicação (duvidosa) da vida,
Mas a poesia (inexplicável) da vida.

Carlos Drummond de Andrade