23.11.07

Para aqueles que não sabem suportar a dor
e ficam inventando sabores outros
achando que a vida é só aquele pedaço do bolo

Para aqueles que escolhem a morte
achando que irão morrer mesmo
e nada mais importa

Para aqueles que não suportam o amor
e para acabar com eles
falam palavras duras ao pé do ouvido
como se o vento fosse passar
e não deixar rastro nenhum.


15.11.07

"O que contava era o traço dourado, o traço mágico que ela havia imprimido em sua vida e que ninguém poderia tirar. Antes de desaparecer no horizonte, teve tempo de entregar a vassoura de Hércules com a qual ele varrera de sua vida tudo aquilo de que não gostava. essa felicidade súbita, esse bem-estar, essa alegria, que lhe proporcionavam a liberdade e a vida nova, tudo isso era um presente que ela lhe havia oferecido"

( A insustentável leveza do ser - Milan Kundera)
marianne: qual é o problema? Johan?
johan: eu não sei. acho que é um tipo de ansiedade.

m: ansiedade? como assim? agora entendo. você está triste.
j: não estou triste, eu...é pior. é uma ansiedade infernal. é maior do que eu. está tentando sair de mim através de todos os orifícios: meus olhos, meu ânus.é como uma diarréia mental gigante. sou pequeno demais para a minha ansiedade.

m: tem medo da morte, Johan?
j: acima de tudo, eu só gostaria de gritar. o que você faz com um bebê chorão que não aceita o seu conforto?

m: venha deitar-se comigo
j: não há espaço

m: dormimos em camas mais estreitas
j; não vamos conseguir dormir

Filme Saraband do bergman.